Agroecologia – Origens e debates

A agroecologia não é entendida da mesma forma em todas as partes do mundo. Estes textos apresentam o panorama histórico da origem e disseminação do termo, bem como os debates atuais em torno do seu significado. As indicações de leitura são só subsídios para nossas discussões e ações. Não necessariamente temos concordância com a totalidade dos conteúdos. Os textos estão em ordem alfabética por autor.

ALTIERI, M. Breve reseña sobre los orígenes y evolución de la Agroecología en América Latina. (2015) – https://bit.ly/2pNU94i

GIRALDO e ROSSET. La Agroecologia en una encruzijada: entre la institucionalidad y los movimientos sociales. (2017) – https://bit.ly/2yoKSV9

GLIESSMAN, S. R. Agroecología: plantando las raíces de la resistencia. (2013). – https://bit.ly/2A9eCGR

HECHT S.B. The evolution of agroecological thought, in: Altieri M.A. (Ed.), Agroecology: the science of sustainable agriculture. (1995) – Agroecology-The-Science-Of-Sustainable-Agriculture-Altieri

NORDER, L. et al. Agroecologia: Polissemia, Pluralismo e Controvérsias. (2016) – https://bit.ly/2CGOci1

SEVILLA GUZMÁN, E. Sobre los orígenes de la agroecologia en el pensamiento marxista y libertario. (2011) – https://bit.ly/2ylhsad

SEVILLA GUZMÁN, E. e WOODGATE, G. Agroecología: Fundamentos Del Pensamiento Social Agrario Y Teoría Sociológica. (2013) – https://bit.ly/2yCw1W9

SOCLA. Reflexiones sobre la reunión regional de la FAO sobre Agroecología para África subsahariana. (2015) – https://bit.ly/2yiJ5AL

VIA CAMPESINA. Declaração do Fórum Internacional de Agroecologia. Selingué, Mali (2015) – https://bit.ly/2EjRNEo

WEZEL, A. et al Agroecology as a science, a movement and a practice. A review. (2009). – https://bit.ly/2OTURey

 

Agroecologia no Brasil

BENSADON, Ligia Scarpa et al. Tecendo projetos políticos: a trajetória da Articulação Nacional de Agroecologia. (2016). – https://bit.ly/2pQCRn1 (artigo) ou https://bit.ly/2yz5KrS (dissertação completa)

LUZZI, Nilsa. O debate agroecológico no Brasil: uma construção a partir de diferentes atores sociais. (2007) – https://bit.ly/2EhzD5W (tese completa) ou https://bit.ly/2QLQJKL (artigo)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s