Agenda Agroecológica

2015:

Dezembro:

Captura de tela de 2015-11-03 05:21:14

I Encontro de Extensão, Pesquisa e Inovação em Agroecologia
IFPB – Campus Picuí
NEA – Núcleo de Estudos em Agroecologia
Site do Evento: http://www.eepiea.com

Novembro:

Captura de tela de 2015-08-30 14:12:17 Captura de tela de 2015-08-30 14:14:26

A Associação Nacional de Pequenos Agricultores (ANAP), de Cuba, convoca ao IV Encontro Internacional de Agroecologia, Agricultura Sustentável, que se realizará entre 22 e 27 de novembro de 2015, no Centro Nacional de Capacitação Niceto Pérez, na Güira de Melena.

Este encontro está dedicado ao aniversario da nossa organização campesina e reunirá aos cientistas, produtores, promotores, facilitadores, campesinos(as) e a todos aqueles interessados no desenvolvimento da agricultura sustentável no mundo. Ademais, servirá para o intercâmbio de conhecimentos e experiências alcançadas pelas diferentes organizações campesinas e indígenas do mundo que trabalham o tema.

OBJETIVOS DO ENCONTRO:

Intercambiar experiências entre produtores de outras latitudes e partes do mundo nos temas de Agroecologia, Soberania e Segurança Alimentar.

Divulgar a experiência da agricultura cubana sobre reforma produtiva.

Realizar, no marco do evento internacional, o II Encontro de Promotores de diferentes partes do mundo.

Neste encontro serão abordados, como eixos fundamentais, nas diferentes modalidades: mesas redondas, painéis interativos, mini-cursos de intercâmbio, simpósios, entre outros, os seguintes temas:

Soberania e Segurança Alimentar sobre bases sustentáveis.

Experiências tecnológicas de Agricultura Sustentável.

Proteção de recursos naturais e o meio ambiente.

Experiências econômicas e financeiras do sistema produtivo sustentável.

Fatores sociais e institucionais da Agricultura Sustentável.

Gênero.

Cooperativismo.

Como actividades complementares, realizaremos visitas às propriedades agroecológicas de los campesinos e exposições das conquistas alcançadas na agroecologia.

————-

REVOLUÇÃO AGROECOLÓGICA
O movimento de Camponês a Camponês da ANAP em Cuba.

http://convencao2009.blogspot.mx/2012/02/revolucao-agroecologica-em-cuba.html

A metodologia mais exitosa para promover e compartilhar a inovação campesina e a aprendizagem horizontal é a metodologia de Campesino-a-Campesino (CAC). Enquanto os campesinos inovavam e compartilhavam, desde tempos remotos, a versão mais contemporânea e mais formalizada foi desenvolvida em âmbito local na Guatemala e difundida por toda Mesoamérica a inicios de 1970s. CAC é uma metodologia de comunicação horizontal Freiriana (sensu Paulo Freire), a metodologia de processo social, que está baseada nos campesinos/as promotores que inovaram soluções para problemas que são comuns entre muitos agricultores, ou recuperaram/descobriram soluções tradicionais antigas, e que usam as metodologias da educação popular para compartilhar com seus pares, usando suas próprias parcelas como salões classe.  Um eixo fundamental da CAC é que os campesinos tem mais probabilidade de criar e imitar seus compañeros campesinos, os quais exitosamente estão usando uma alternativa dada nas suas próprias propriedades. Preferem recuperar a experência de outros campesinos que tomar a palavra de um agrônomo de origem urbana. É muito melhor quando podem visitar a parcela de seus pares e ver as alternativas postas em prática com seus próprios olhos. Em Cuba, os campesinos dizem: “quando o campesino vê, tem fé.”

Enquanto que a extensão convencional pode ser desmobilizadora para os campesinos, CAC é mobilizadora, porque eles se convertem nos protagonistas no processo de gerar e compartilhar tecnologías. CAC é un método participativo baseado nas necessidades, cultura e condições locais das pessoas, que libera o conhecimento, entusiasmo e protagonismo para descobrir, reconhecer, ter vantagem em, e socializar o rico conhecimento sobre agricultura campesina e comunitaria que está relacionado com as condições e identidades históricas específicas. Na extensão convencional, o objetivo dos técnicos especialistas tem sido, com muita frequência, substituir o conhecimento campesino por insumos químicos, sementes e equipamentos comprados, em uma relação vertical, de cima para baixo, onde a extensão se transforma em um processo de domesticação.

Cuba é onde a metodologia social CAC conseguiu seu maior impacto, quando a Associação Nacional de PequenosAgricultores (ANAP), um membro da LVC, a adotou com o objetivo consciente e explícito de construir ummovimento de base para a agroecologia dentro da organização nacional. Em menos de dez anos o processo de transformação dos sistemas de produção a sistemas de agricultura agroecológica diversificada e integrada temexpandido a mais de um terço de todas as familias campesinas em Cuba, uma taxa de crecimento surpreendente. Durante o mismo periodo, quando os campesinos se tornaram agroecológicos, o total de contribuições da produçãocampesina à produção nacional aumentou dramáticamente, com outras vantagens como o uso reduzido de produtos químicos e outros insumos comprados fora da propriedade (maior autonomia) e uma grande resiliênciaaos efeitos climáticos. Por tudo isto que LVC se empenhou em levar várias delegações de intercâmbio de experiências a Cuba, o que está fortalecendo de maneira importante todo o processo da agroeoclogía na LVC em âmbito internacional.

 HIDRONEGÓCIO

Para onde vai a água numa crise construída?

HIDRONEGÓCIO Para onde vai a água numa crise construída?

Vai rolar streaming!

Agro Centro-Oeste Familiar

Articulações Agroecológicas no Centro-Oeste! Goiás!

https://agro.ufg.br/agrocentro/

articAgroecoCentroesteConvite!

Articulação em Redes Regionais de Agroecologia – Mesa Redonda

Dia 13.05.2015, das 9 às 12 horas

Local – sala 3 e 4 do Centro de Cultura e Eventos, Campus Samambaia.

————————

Captura de tela de 2015-03-31 19:30:44

O I Congresso de Agroecologia do Semiárido e o VII Simpósio Brasileiro sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do Semiárido será no Piauí, de 21 a 24 de julho de 2015.

EDITAL-PARA-PUBLICAÇÃO-DE-TRABALHOS-.CVT

http://conasem2015.wix.com/inicio

III Sementário da Rede de Grupos de Agroecologia do Brasil

De 4 a 7 de junho de 2015, Caxambú/MG.

Saiba mais e acompanhe sua construção via grupo de e-mails e outras reuniões.

Captura de tela de 2015-03-31 19:19:25Data: 24 a 27 de junho de 2015 em Irati/PR.

“Cuidando da Terra, Cultivando Biodiversidade, Colhendo Soberania Alimentar!”
A Jornada de Agroecologia se constitui numa força social reconhecida nacional e internacionalmente graças a capacidade da coalização político-organizativa dos Movimentos Sociais Camponeses, Estudantil, e de técnicos, pesquisadores e educadores de Instituições de Assistência Técnica, Pesquisa e Ensino.
Essas organizações assumiram coletivamente o compromisso de combater o agronegócio através de ações diretas, políticas, técnicas, ideológica e intelectualmente.
Em outra frente nos somamos ao “movimento agroecológico brasileiro”, e vimos obtendo vitórias decisivas no interior do Estado brasileiro com o avanço prático da agroecologia apoiado por políticas públicas como o PNAE, o PAA e o PLANAPO.
A grandeza das lutas que fazemos, das conquistas alcançadas e dos desafios estruturais e conjunturais que estão postos em nosso país exigem nossa unidade e empenho redobrados.
E os encontros anuais passaram a representar a síntese deste processo, consolidando-se como uma escola popular e camponesa permanente, renovada ao longo de cada ano nos territórios camponeses (assentamentos, acampamentos, pequenas propriedades, escolas,…) e atingindo seu auge nos quatro dias de encontro anuais.
Inicia-se em 2002 em Ponta Grossa, tendo toda uma trajetória no estado Paraná, passando por Cascavel, Francisco Beltrão, Londrina, Maringá e agora acontecerá em Irati, região centro-sul do estado.

Articule em sua comunidade, no seu município, junto às brigadas do MST, os sindicatos, as universidades, os movimentos da Via Campesina, a FETRAF, a ASSESOAR, aos grupos de Economia Solidaria, ao CEFURIA, as Paroquias, um ônibus para o transporte dxs interessadxs, estudantes, professores, pesquisadores, teóricos, funcionários da saúde e da agricultura.
Obs.: A Jornada de Agroecologia não tem nenhum custo ao participante.

http://jornadaagroecologia.com.br/node/49

https://www.facebook.com/jornadade.agroecologia?fref=ts

https://www.facebook.com/events/1414454645527241/

______________

Captura de tela de 2015-03-31 19:06:07+ VII Encontro Nacional de Grupos de Agroecologia

Envio de trabalhos até dia 13 de Abril.

http://www.cbagroecologia.org.br/

V CONGRESO LATINOAMERICANO DE AGROECOLOGÍA

Captura de tela de 2015-03-31 19:41:48
Facultad de Ciencias Agrarias y Forestales de la Universidad Nacional de La Plata / de La Plata, Argentina.

——————–

2014:

VI Encontro Nacional de Grupos de Agroecologia
“Sê Mentes Livres – Re-Existência”

VI ENGA

A sexta edição do ENGA (Encontro Nacional dos Grupos de Agroecologia) acontecerá oficialmente entres os dias 12 a 16 de novembro de 2014 na Ecovila Tibá, em São Carlos – SP. Os mutirões que visam o apoio mútuo entre os grupos e coletivos de agroecologia do estado de São Paulo que se uniram para organizar o encontro já estão acontecendo desde o começo do ano; os mutirões e encontros entre os coletivos são denominados “micorrizadas” (Micorriza é uma associação de reciprocidade de tipo simbiótico que existe entre alguns tipos de fungos e as raízes de certas plantas).

As inscrições para o VI ENGA serão abertas em breve!Contato: micorrizadas@gmail.com.

II Sementário da Rede de Grupos de Agroecologia do Brasil – Morretes (PR)

(18 a 22 de Junho de 2014)

Para mais informações:

https://regabrasil.wordpress.com/2014/05/07/chamado-aos-grupos-de-agroecologia-do-brasil-para-participacao-no-ii-sementario-da-rega-morretes-pr/

III ENCONTRO NACIONAL DE AGROECOLOGIA

banner ena-01

(16 a 19 de Maio de 2014 – Juazeiro/BA)

O III Encontro Nacional de Agroecologia (III ENA) ocorrerá entre os dias 16 e 19 de maio de 2014 no campus da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF), localizado na cidade de Juazeiro, Bahia. Reunirá 2.000 pessoas de todos os estados do Brasil e diretamente envolvidas na construção da agroecologia, sendo 70% agricultores familiares, camponeses, povos e comunidades tradicionais e pelo menos 50% mulheres.

O III ENA tem como objetivo central aumentar a coesão política e a expressão pública do campo agroecológico brasileiro. Para tanto, está organizado para dar respostas à seguinte questão: “Por que interessa à sociedade apoiar a agroecologia?” Exemplos concretos previamente sistematizados por participantes do III ENA em suas regiões de origem serão a base para o debate em torno a essa questão.

Divulgação Feira Sementes_FINAL

III ENA e a metodologia das Caravanas

As Caravanas Agroecológicas e Culturais compõem o processo de preparação do III Encontro Nacional de Agroecologia (ENA), que será realizado no primeiro semestre de 2014 em Juazeiro na Bahia. Uma das questões centrais para este III ENA é a comunicação com a sociedade como um fator decisivo no processo de fortalecimento da agricultura familiar e dos povos e comunidades tradicionais. Neste sentido a organização das Caravanas é uma atividade fundamental de mobilização das regiões e de debate dos principais temas do Encontro.

As caravanas tem o objetivo de estimular dinâmicas capilarizadas de mobilização social, visando um mergulho em
distintas realidades nas quais a agroecologia e o agronegócio disputam espaço físico, político e ideológico como expressão de projetos opostos para o mundo rural. Também é objetivo destas mobilizações o debate a cerca dos variados contextos socioambientais e culturais em que o campo agroecológico vem se constituindo no Brasil.

A proposta é que as redes e organizações de determinados territórios se preparem para apresentar e debater a realidade da disputa territorial com diferentes delegações compostas por agricultores e agricultoras, representantes de povos e comunidades tradicionais e assessores/as, e vindas de outras regiões do mesmo estado ou de estados próximos. As Caravana Agroecológica e Culturais tem como objetivos olhar para o território, mobilizar e articular experiências em agroecologia, bem como, debater os conflitos territoriais existentes. Além disso, as caravanas pretendem ser um momento de diálogo com a sociedade para explicar porque produzir de forma agroecológica é viável do ponto de social, ambiental e econômico.

Para mais informações: http://enagroecologia.org.br/

http://www.agroecologia.org.br/index.php/rumo-ao-iii-ena
https://www.facebook.com/pages/Articula%C3%A7%C3%A3o-Nacional-de-Agroecologia-ANA/245927812159347?fref=ts

comissao-organizadora-ena banner_iii_ena

13ª Jornada de Agroecologia

Jornada de Agroecologia2014

13Jornada AgroecologiaPR

Para mais informações: http://jornadaagroecologia.com.br/node/325

I Congresso Paranaense de Agroecologia

O Congresso Paranaense de Agroecologia (1CPA) acontecerá de 29 a 30 de maio de 2014, no Parque Newton Freire Maia, município de Pinhais. O tema“As teias da experimentação, formação e intercâmbios contribuindo com a Agroecologia no Paraná” procura dar espaço para a discussão das redes na agroecologia no âmbito do ensino, da extensão e da pesquisa. 

Para mais informações: http://200.201.27.34/CPA/index.php

Paraná Agroecológico

Do dia 27 de maio até 01 de Junho acontece a semana nacional dos orgânicos no grande evento Paraná Agroecológico, uma excelente oportunidade para quem estiver ligado no movimento agroecológico do estado.

São seis eventos interligados que reúnem em Curitiba e na Lapa, o CPRA, o EMATER, o IAPAR, A UFPR, a UFPR Litoral, Universidades Estaduais, Secretária do Abastecimento se Curitiba (SEAB) e Prefeitura da Lapa-PR, além de professores, pesquisadores, estudantes, agricultores e diversos grupos não governamentais.

Confira: evento-pr-agroecologico-2014

Fonte: http://biowit.wordpress.com/2014/05/01/semana-nacional-do-organico/

III Encontro Internacional das Sementes Livres.

IFSULDEMINAS- Câmpus Inconfidentes sediará entre os dias 22 e 25 de maio, o III Encontro Internacional da Rede de Sementes Livres.

A realização está ao encargo dos agricultores da região e de suas associações, da Associação de Agricultura Biodinâmica, da Associação de Agricultura Biodinâmica do Sul, e do Instituto Federal Sul de Minas.

Encontro_de_Sementes_Livres_2014

Para mais informações: http://www.redsemillaslibres.org/

Seminário Internacional de Agroecología

Seminario_Internacional_de_Agroecología

1º Congreso Venezolano de Agroecologia

Hacia la construcción de una agricultura comunal: territorialidad y soberania alimentaria

V CONGRESO INTERNACIONAL DE AGROECOLOGÍA Y AGRICULTURA ECOLÓGICA

El Grupo de Investigación en Economía Ecolóxica e Agroecoloxía de la Universidad de Vigo organiza el V Congreso Internacional de Agroecología y Agricultura Ecológica que se celebrará en Vigo los días 26, 27 y 28 de junio de 2014. El lema de esta edición es el de “Propuestas agroecológicas al industrialismo: recursos compartidos y respuestas colectivas”.

OBJETIVO GENERAL

En el ámbito del V Congreso Internacional de Agroecología y Agricultura Ecológica queremos discutir y aprender de las propuestas agroecológicas que se están a desarrollar en Galicia, en el Estado y en el Mundo. Vamos a intentar ahondar en los recursos compartidos e en las respuestas colectivas que van más allá de la lógica de los grandes mercados, que superen las propuestas economicistas. Avanzar en las propuestas agroecológicas es una tarea colectiva, el protagonismo corresponde a las personas, a sus comunidades. Por eso hacemos un llamamiento a participar en el V Congreso a los agentes sociales, a campesinos, a políticos, a científicos, a estudiantes, a los movimientos sociales y a las personas interesadas y a sus comunidades.
Para la realización del Congreso contamos con el patrocinio de la Universidad de Vigo y de la Fundación Juana de Vega y con la colaboración del Consello Regulador da Agricultura Ecolóxica de Galicia, de la UVIGO-TV y de FIARE.

Para mais informações:

http://webs.uvigo.es/economiaecoloxica/es/nova.php?id=12

Anúncios

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s