II Sementário (2014)

Algumas imagens do II Sementário da Rede de Grupos de Agroecologia do Brasil:

https://www.facebook.com/media/set/?set=a.817742521584366.1073741835.319324161426207&type=1 

Formulário de Inscrição para o II Sementário da REGA – 18 a 22 de junho – Antonina (PR):

https://docs.google.com/forms/d/17KCwWWZzDIdZYRBXehUiObo37Atbc4YqJHf3oocl6YU/viewform

Chamado aos Grupos de Agroecologia do Brasil para participação no II Sementário da REGA – ANTONINA (PR)

 

É com grande felicidade que o Grupo de Construção do II Sementário da REGA lança o Chamado aos Grupos de Agroecologia do Brasil para participarem deste espaço de organização interna da Rede. Nesta segunda edição esperamos que, assim como no I Sementário, ocorrido no Rio de Janeiro em Junho de 2013 na “Casa da Bruxa” (UNIRIO), possamos catalisar nossos processos organizativos, nossos diálogos temáticos, as campanhas da Rede, nossa participação, construção e contribuições nos eventos que no próximo período integram o calendário do Movimento Agroecológico brasileiro.

Em primeiro lugar, os Grupos de Agroecologia (GA’s) e sujeitos que vêm construindo o Sementário aqui no Paraná gostariam de agradecer a oportunidade de receber este espaço da REGA. Para nós essa missão representou também a rearticulação entre as experiências regionais que estavam dispersas: construir o Sementário nos fortaleceu, nos identificou enquanto REGA-Paraná, estimulou nossa criatividade, diálogos, autocríticas, e, sobretudo – construir o Sementário nos uniu!

Agradecemos a oportunidade de trabalho e desenvolvimento, REGA!

E vamos às contextualizações e instruções para o Sementário.

– DATA DO II SEMENTÁRIO DA REGA:

Entre os dias 18, 19, 20, 21 e 22 de JUNHO (FERIADO DE CORPUS CHRISTI).

[Programação específica do Sementário a partir do dia 19!]

1. O TERRITÓRIO DO NOSSO II SEMENTÁRIO. (NOVIDADES NO TERRITÓRIO!!!)

A sede do II Sementário da REGA este ano será o município de ANTONINA localizado no litoral do Paraná, onde a Agroecologia acontece, também, através dos Sistemas Agroflorestais.

O local onde será realizado o evento é o Acampamento Agroflorestal José Lutzenberger, vinculado ao MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), que foi uma das primeiras localidades na região a pensar a produção pela perspectiva Agroflorestal pelo fomento e iniciativa do agricultor George Wochnicki que antes de 2007 já vinha implantando SAF’s em clareiras e que após alguns embates lentamente foi assumindo a lógica de projeto político para a localidade. A partir de 2010 a iniciativa Agroecológica pelo viés Agroflorestal passa a ser potencializada pela Cooperafloresta por meio do projeto Agroflorestar na região, fomentando a criação do Grupo Agroflorestal Filhos da Terra. Além dos agricultores agroflorestais do acampamento, outras famílias na Gleba Pantanal no Assentamento Nhundiaquara em Morretes também multiplicam a filosofia e a prática dos Sistemas Agroflorestais pelo Grupo Agroflorestal Gralha Azul.

Atualmente estes são os grupos mais antigos na região a produzir por meio dos Sistemas Agroflorestais, comercializando seus produtos coletivamente em feiras e programas institucionais do governo, praticando a cooperação por meio de mutirões, entre outras formas de organização coletivizadas.

Visita às áreas de implantação de Sistemas Agroflorestais por ocasião do I Encontro Agroflorestal, que reuniu agrofloresteiros de diferentes localidades do litoral paranaense.

Visita às áreas de implantação de Sistemas Agroflorestais por ocasião do I Encontro Agroflorestal, que reuniu agrofloresteiros de diferentes localidades do litoral paranaense.

2. VAGAS

O Sementário é um espaço de organização interna da REGA, que objetiva debater questões como comunicação, temas de campanha, cronograma de atividades, construção do Encontro Nacional dos Grupos de Agroecologia (ENGA), distribuir tarefas, avaliar nossa atuação no período passado, trocar informações entre os GA’s, afinar nossa atuação em Rede, almejando aprimoramento organizacional. Por isso, diferentemente do ENGA, este é um encontro mais restrito e não tão amplo, mas representativo, visando menor gasto energético estrutural que costuma demandar um grande evento, focalizando esforços no sentido de potencializar a Rede internamente; ou seja, é um espaço reservado aos GA´s que compõem e constroem a Rede para confabularmos sobre a co-construção da mesma. Seu proposito não é realizar um segundo ENGA, mas ser um espaço menor e deve ser composto por indivíduos que representem os coletivos; as pessoas provenientes dos Grupos serão catalisadoras dos processos comunicacionais e organizativos da Rede, potencializando o fluxo e a fluidez de informações e de agitação local dos respectivos GA’s e territórios de atuação.

O Sementário tem um limite de 50 vagas e os critérios para o seu preenchimento é a participação dos indivíduos em coletividades organizadas que trabalham com Agroecologia e por isso damos ênfase para destinação de vagas à sujeitos que atuem com e por coletividades. A cada coletividade inscrita (de preferência) de 1 a 3 catalizadores poderão participar.

É claro que são critérios flexíveis, e dependendo da situação específica de cada GA, o Grupo de Construção do II Sementário pode avaliar, refletir, buscar outras soluções; mas, de fato, temos um limite estrutural (alojamento, alimento, infraestrutura para banhos etc.) que limitam em 50 as vagas. Assim, se um único grupo manda 20 INDIVÍDUOS, excluiríamos a participação de pelo menos 10 COLETIVOS DE AGROECOLOGIA que estariam representados por 1 ou 2 indivíduos de cada Grupo, tornando o encontro menos plural e democrático.

3. INSCRIÇÕES

As inscrições devem ser realizadas através do blog da REGA com o preenchimento da FICHA DE INSCRIÇÃO e pagamento do valor de R$20,00 (por pessoa). Após o preenchimento e pagamento, o COMPROVANTE DE PAGAMENTO DEVE SER ENVIADO AO E-MAIL DA REGA (regrabrasil@gmail.com) para a validação da inscrição.

– Período para inscrição (PRORROGADO!!):

Até dia 13 de Junho!!

– Ficha de inscrição:

https://regabrasil.wordpress.com/ii-sementario-2014/

– Conta para depósito:

Banco do Brasil

Taciana Stec

Agencia 2823-1

Conta corrente 28285-5

CPF 07160159942

– Valor da inscrição por pessoa:

R$ 20,00 (vinte reais)

– E-mail para envio de comprovante:

regabrasil@gmail.com

4. CARAVANAS

Como chegar ao II Sementário? Através das Caravanas! As “Caravanas Agroecológicas” são uma dinâmica de mobilização solidária para viabilizar o transporte das pessoas rumo aos espaços e eventos Agroecológicos. A ideia é que entre o ponto de partida e o ponto de chegada, as pessoas ao longo deste percurso possam aproveitar esta carona e integrar as caravanas, viabilizando o transcurso, estimulando o apoio mútuo e a solidariedade entre os coletivos. Por exemplo, no ano passado, o pessoal do Sul – Grupo UVAIA de Porto Alegre – conseguiu um ônibus e no percurso até o Rio de Janeiro, foi recolhendo pessoas de diversos Grupos ao longo do caminho, viabilizando e ampliando a participação de maior diversidade de coletivos. O ônibus saiu com mais ou menos 20 pessoas de lá, e chegou ao destino com 47 pessoas!

Nem sempre isso é possível com os ônibus das Universidade/Faculdades, mas devemos nos esforçar em construir as Caravanas, buscando alternativas. O aluguel de transporte coletivo, a carona em veículos particulares, todas as formas de solidarizar e coletivizar o transporte tem confirmado a regra: a união faz a força, a união é a força!

5. ORGANIZAÇÃO FOCAL DO SEMENTÁRIO

O II Sementário está sendo organizado através de PONTOS FOCAIS, que são como centros de convergência de informações referentes às estruturas necessárias para a consecução do evento. Estabelecemos 5 (cinco) pontos focais principais, responsáveis por fazer convergir e distribuir as informações. Os focalizadores não são responsáveis pelas tarefas, não servem para sobrecarregar um ou outro indivíduo que assume o “foco”, mas apenas para concentrar dados e comunicar os mesmos uns aos outros.

Assim, todxs que estarão presentes no Sementário são responsáveis pela concretização das tarefas, que vão desde a alimentação e embelezamento dos espaços até a limpeza e sistematização de relatos. Os focalizadores são responsáveis por comunicar e integrar as pessoas à essas tarefas, democratizando as informações a respeito das mesmas e oportunizando que as pessoas assumam e se proponham a contribuir segundo as suas características e capacidades.

Pontos focais:

  1. ESTRUTURA: Kelly e Tati.

  2. ALIMENTAÇÃO: Jú.

  3. COMUNICAÇÃO: Alice.

  4. AGITAÇÃO LOCAL: Kelly e Indaiá.

  5. FINANCEIRO E INSCRIÇÕES: Taci e Jú.

Além dessas pessoas, muitas outras estão contribuindo nessa construção, de acordo com suas habilidades, afinidades e possibilidades; o pessoal do GESAF em Curitiba, por exemplo, Pati, Murilo e Gi, tem também a Rê e a Paula, e o agrofloresteiro local Claudio, que volta e meia aparece pra prosear e nos ajudar; enfatizamos que os nomes indicados apenas são focos de informações sobre os temas focais. Assim, para obter informações e se integrar aos focos, são para essas pessoas que vocês devem convergir, sugerindo, propondo e, principalmente, trabalhando para construir o encontro. 

6. O QUE TRAZER?

– Equipamento de camping, roupas e alimentos

Em Junho faz muito frio aqui, pessoal! Estamos em Meio à Mata Atlântica em uma região cheia de belíssimos rios de água cristalina; é um ambiente extremamente úmido, onde ocorrem muitas chuvas, sendo necessário o preparo estrutural para um ambiente chuvoso; tragam roupas adequadas e barracas preparadas para chuva e coberturas. Não esqueçam seus talheres, prato e copo, e seus produtos de higiene pessoal.Natalia

Teremos uma cozinha coletiva para o preparo dos alimentos e a ideia é que todos os grupos tragam alimentos das suas regiões: sementes, tubérculos, processados, temperos e aromas de todos os cantos do Brasil para contribuir com a alimentação. A campanha Plante o ENGA, e particularmente a Plante o II Sementário da REGA justamente intenciona que os grupos plantem os alimentos destinados a serem colhidos para o encontro, e/ou tragam sabores conseguidos com os agricultores de suas respectivas regiões para compartilharmos uma diversidade de saberes e sabores no momento do encontro.

– Documentação audiovisual do II Sementário da REGA

Todos que quiserem/puderem, fiquem a vontade para registrar e documentar o encontro. Queremos formar uma lista de compartilhamento coletivo de informações, imagens e vídeos e registrar esse momento como forma de socialização das nossas atividades e de agitação dos debates da Rede. Pinturas, esculturas, poemas, todas as formas de captação e registro são válidas e corroboram o trabalho de registro. Tragam principalmente inspiração!

7. O MÉTODO DO NOSSO SEMENTÁRIO?

O MÉTODO AGROFLORESTEIRO DO TRABALHO E DA UNIÃO.

O debate metodológico sempre é uma parte importante na construção de atividades coletivas. Temos refletido muito sobre isso por aqui e temos bolado umas dinâmicas adaptadas à nossa realidade de acordo com o exemplo das agricultoras e agricultores da região; eles nos inspiraram pelo método que é utilizado nas dinâmicas utilizadas pelos Grupos locais de Agroflorestas, e consiste no trabalho e na união. Todos são responsáveis por plantar e colher o Sementário, mas pra isso precisaremos nos Unir, coletivizar responsabilidades e assumir conscientemente as tarefas.

Por isso todos os dias começam com a RODA, que é sempre o primeiro espaço do dia, bem cedinho. Os focalizadores temáticos socializam as informações sobre cada tema e então nos distribuímos aos trabalhos do dia, e só então depois é que passamos aos debates da REGA. A prática dos Mutirões, das trocas de trabalho, da colaboração natural que envolve a agricultura agroflorestal é o nosso maior exemplo – todas e todos devem estar conscientes da necessidade de trabalhar e se unir para que o Sementário (e consequentemente a REGA) germine, floresça e dê frutos.

Coração, braços e mentes devem estar conectados em prol desta co-construção; a disciplina consciente, assim, é diferente de uma disciplina alienante ou desinteressada, e advém das necessidades que urgem das demandas comunitárias para a edificação dos sonhos coletivos; o voluntarismo aqui, não quer dizer espontaneidade aleatória e individualista, mas significa a disponibilidade consciente das pessoas para com o trabalho e a união.

MENSAGEM FINAL AOS ELOS DA REGA

Encerramos este Chamado com a mensagem de confiança que temos no poder de cada um. Muitas tristes situações e uma realidade econômica e política nefasta esta destruindo a nossa Terra; no Brasil e no Mundo o capital segue acabando com as experiências maravilhosas de agriculturas agroecológicas ancestrais e contemporâneas, e a REGA não só está ligada ao presente de luta e resistência, mas também ao passado de injustiças sociais e ambientais contra os povos e comunidades rurais e das florestas, historicamente marginalizados e usurpados. Nós não estamos sozinhos, não somos poucos: somos onde houver União e Trabalho.

Estamos felizes em receber todas e todos e emanamos as vibrações mais sutis e profundas de amor por cada uma das pessoas que virão, cada um, cada grão, cada elo, cada semente, cada ato (por pequeno que pareça) é imprescindível, é insubstituível, é único.

O Grupo de Construção do II Sementário da REGA (PR) agradece desde o momento presente as coisas maravilhosas que plantamos e plantaremos aqui.

Até já, REGA!

Reunião para a construção do II Sementário

Reunião para a construção do II Sementário

Relato da primeira conversa pré-Sementário
Morretes – Paraná

Data: 1 e 2 de FEVEREIRO de 2014

Local: Sítio Engenho da Serra (PR)

 

Participantes: Alice (GEAE), Natalia, Luiz Paulo e Claudio (Grupo Gralha Azul), Tati (Motirõ), Taciane e Julianne (SEMEAR), Kelly, Sol, Renata e Ana Paula.

 

Durante os dias 1 e 2, nos reunimos no Sítio Engenho da Serra, na cidade de Morretes, para iniciar conversa sobre o II  Sementário da REGA que no último ENGA (Encontro Nacional dos Grupos de Agroecologia), em Porto Alegre; foi indicado para acontecer na região sul segundo os diálogos que ali aconteceram. Seguem alguns pontos que foram previamente levantados e  indicamos que foi lançado o chamado para mais uma Reunião do Grupo de Construção do Sementário-Morretes entre os dias 28, 29 e 30 de Março; de onde ideias mais delimitadas, datas, valores, número de pessoas etc, será melhor definido segundo as demandas, contribuições e possiblidades dos Grupos que tomarem para si esta missão.

“Um em todos, todos em UM

Alertas e confiantes no poder de cada UM”

 

– Sementário para o Brasil e para o Paraná:

 A primeira questão suscitada foi justamente a participação do máximo possível de GA´s de todo o Estado do Paraná, de conseguirmos nos encontrar nesse espaço e nos conhecermos. O Sementário é para nós uma grande oportunidade de União entre os GA´s daqui, representa a possiblidade de fortalecimento das nossas amizades e laços cooperativos, de trabalho e articulação. E isso já esta acontecendo, integrantes de grupos de Curitiba, Morretes e Matinhos e indivíduos envolvidos, além do pessoal da região, trabalhadores, estudantes, visitantes em geral; se encontraram e de agora em diante trabalham juntos para a construção desse importante espaço de troca e organização. Para nós o Sementário já é uma realidade positiva pela dinamização dos contatos entre o pessoal do Paraná.

 

– Mapeamento dos GA´s:

Sentimos a necessidade de um mapeamento mais completo dos grupos da região, precisaremos ir atrás desses contatos. Vamos trabalhar com as listas de GA´s que viemos recolhendo durante os nossos Encontros com a intenção de que a maior pluralidade possível de GA´s participe. Por isso a Reunião aberta e o Chamado Espacial.

 

– Organização focal do Sementário:

 Foram levantadas algumas necessidades e demandas ainda por atingir até lá. Alguns “pontos focais” de trabalho foram pensados como alimentação, estrutura, comunicação, espaços da REGA e cronograma, entre outros. Foram pensados como pontos de foco para distribuirmos a energia de que dispomos melhormente, mas através dos quais todos se comunicam e trabalham juntos.

 

– Data do II Sementário da REGA

O indicativo é do encontro acontecer em JUNHO, como no primeiro Sementário-Rio, muito provavelmente durante o feriado de 19 de JUNHO, Corpus Christi, que esse ano cairá em uma quarta-feira o que oportunizaria a maior participação possível de GA´s representados.

 

– Quantidade de pessoas no Sementário:

Trabalhamos a princípio com um limite de 60 pessoas, que, como no primeiro Sementário, devem ser “micorrizas” que vem a partir dos seus GA´s catabolizar os processos da REGA e do próximo Encontro Nacional da Rede. Além das limitações estruturais que temos para a construção do Sementário, este espaço não é pensado como um segundo Encontro Nacional dos Grupos de Agroecologia (ENGA), mas como um espaço menor, catabolizador, dos processos da Rede; por isso os GA´s devem enviar suas “micorrizas”, sujeitos que tragam a chama dos seus GA´s ao Sementário e levem a chama do Sementário de volta aos grupos. A intenção é sermos o mais plurais possíveis de acordo com a limitação que temos, que haja a maior representação possível de GA´s no espaço.

 

– Financiamento:

Buscaremos o autofinanciamento do Sementário através de iniciativas dos próprios Grupos, desde já, lançamos aos GA´s as ideis que surgiram no primeiro Sementário para levantar os valores necessários como a venda de produtos agroecológicos, festas, bazares, etc. Além disso o valor das inscrições será fundamental para garantir as estruturas, alimentos, materiais e outros que sejam necessário.

 

– Campanha “Plante o Sementário-Morretes”:

Desde já lançamos a Campanha para que os GA´s das regiões do país tragam alimentos e produtos agroecológicos das suas regiões prezando por um encontro em que a Agroecologia seja realmente respirada, vivida e comida! Cultivem também o Sementário!

 

– Próxima Reunião:

No final de MARÇO, teremos reunião!
TODOS OS GRUPOS DO PARANÁ ESTÃO CHAMADOS!
EM MORRETES, 28, 29 E 30 DE MARÇO, VENHAM!

 

I Reunião de Construção do II Sementário da REGA-Brasil (Morretes-PR)

I Reunião de Construção do II Sementário da REGA-Brasil (Morretes-PR)

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s